+55 71 3341.1204
08h30

Três estratégias de marketing digital para vender mais

A Click Interativo revela as 3 principais estratégias de marketing digital que adotamos para gerar ROI (retorno de investimento) positivo para nossos clientes!

Compartilhe
Tamanho do Texto

O universo das estratégias de marketing digital, para muitos ainda é terreno pouco conhecido e muitas vezes a urgência de obter resultados financeiros atrapalha na escolha das abordagens. A Click Interativo reuniu o que viu funcionar para nossos clientes nos últimos dois anos e vai compartilha isso neste artigo. São as 3 principais estratégias de marketing digital que adotamos para gerar ROI (retorno de investimento) positivo.

Aqueles que acham que marketing digital se resume a fazer postagens em redes sociais estão completamente equivocados. Os sites ainda são os grandes responsáveis pela geração de negócio. Entretanto, para que assim se comportem, é necessário gerar tráfego qualificado. E é neste ponto que a coisa começa a ficar complicada.

Sem muita demora, listamos abaixo algumas estratégias e algumas reflexões sobre cada uma delas. Notem que elas são complementares e quanto mais impactos seu público-alvo receber, mais chances ele tem de fechar negócio com sua empresa.

Ressaltamos ainda que mercados diferentes não se comportam de maneira igual. Sendo assim, não existe fórmula pronta e é fundamental que exista um acompanhamento eficaz dos resultados.

Estratégia 1: Otimização de sites (SEO)

A primeira estratégia que sugerimos, é a otimização de sites, ou simplesmente SEO (na sigla em inglês para Search Engine Optimization). Essa estratégia é de médio e longo prazo, visto que os resultados não aparecem da noite para o dia. Os primeiros resultados de SEO normalmente aparecem entre 3 e 6 meses, a depender do mercado.

Para quem não identificou ainda o que é isso, mesmo que pareça estranho, pode constarar que essa estratégia já faz parte do nosso dia a dia. SEO nada mais é do que o uso de técnicas para fazer um site aparecer no topo dos resultados de buscas. Ora, quem nunca “deu um Google”, não sabe o que é internet. Hoje é possível pesquisar sem nem mesmo saber escrever, com ajuda da busca por voz.

Otimização de Sites - SEO - Click Interativo

Não se paga diretamente aos buscadores, como o Google, para estar bem posicionado nas buscas orgânicas (existem buscas pagas, a publicidade digital, que abordaremos logo mais), mas é necessário investir em profissionais qualificados e sistemas cada vez mais avançados para atingir os resultados esperados.

Você sabia que nem todas as buscas no Google resultam em cliques? De acordo com um estudo, do início de 2017, 66% das buscas resultam em cliques no Google e 34% não geram clique algum. Destes, 71,33% das pesquisas resultam em clique num link orgânico da primeira página e apenas 3,4% dos cliques acontecem em anúncios. A segunda e a terceira página respondem por apenas 5,59%, de acordo com a Moz.com, em estudos realizados em 2017 e 2014.

A busca orgânica (não paga) é a mídia mais confiável entre os usuários para obter informações, segundo o Trust Barometer 2016, estudo realizado pela Edelman, gigante do marketing e comunicação mundial.

Isso é tão sério que, de todos os cliques que os resultados orgânicos recebem, quase 68% deles são dados aos cinco primeiros resultados da página. O primeiro resultado recebe sozinho mais de 31% de todos os cliques, por isso é o lugar de maior disputa.

O especialista em marketing digital Neil Patel, em estudo recente, de junho de 2018, prova através de dados que a otimização de sites tem retorno de investimento de quase 7 vezes, ou seja, para cada real investido, haverá um retorno de quase 7.

O grande problema é que chegar ao topo não é fácil, leva tempo, é necessário investir em conteúdo para o site e poucos tem essa visão de médio/longo prazo.

Não adianta fazer um investimento num site e não gerar conteúdo periodicamente para ele. É como ter um carro sem combustível, ele não vai te levar muito longe. E conteúdo ruim é igual a gasolina adulterada, só dá engasgo e dor de cabeça!

O bom conteúdo vai lhe ajudar a gerar autoridade, aumentar sua relevância, melhorar o posicionamento, gerar tráfego e receita.

Estratégia 2: Anúncios no Google, Facebook e Mídia Programática

Anúncios são uma estratégia obrigatória! Quem não é visto, não é lembrado. Todo negócio precisa de divulgação. Alguém discorda? Os anúncios em qualquer meio de comunicação têm esse poder, informar as pessoas que aquela empresa, produto ou serviço existem e possibilitar a geração de negócios. Na internet é possível criar anúncios altamente segmentados, com orçamentos variados e medir resultados de investimento de forma bastante direta. Algumas vezes é possível anunciar até sem site no Google Adwords, Facebook, Instagram, Mercado Livre, etc.

Anúncios no Google, Facebook e Mídia Programática - Click Interativo

Apesar da velocidade em que se pode começar a gerar vendas, essa estratégia tem custos diretos, como a compra de créditos para exibição dos anúncios. Normalmente, a cobrança é feita com base na quantidade de vezes que eles aparecem (custo por impressão) ou a cada vez que o anúncio receber um clique é cobrado (custo por clique), mas existem outros tipos de cobrança.

Fazer anúncios no Google e no Facebook, parece simples, mas não é! São tantos detalhes e variáveis que, cada vez mais, a atuação de profissionais e sistemas especializados é necessária para maximizar os resultados. Cada um dos canais tem suas especificidades, e geram melhores resultados em diferentes mercados. Aqui o importante, mais uma vez é testar, medir os resultados e promover ajustes. Note que quanto mais canais forem utilizados, melhores tendem a ser os resultados.

Assim, desde que seu orçamento permita, invista em diversos locais, atentando para não ser repetitivo, exibindo o mesmo anúncio em todos os canais. Use uma comunicação complementar nos diferentes canais de veiculação de suas campanhas.

Porquê? Simples: nem sempre que o anúncio é visto ele recebe um clique, assim é possível que seja necessário exibí-lo novamente, em local diferente, para mantê-lo na lembrança e finalmente gerar a venda.

Caso sua verba seja muito pequena, talvez não valha a pena pulverizar os esforços em vários canais. Neste caso, é melhor concentrar esforços, testando sempre e observando como se comportam as vendas. Pouca verba pode não gerar o tráfego suficiente para converter em vendas. Isso mesmo, nem todo mundo que é impactado pelo seu anúncio vai gerar uma venda, e nem sempre ela ocorre após o clique. Mas isso é outro assunto, prometo voltar em breve para falar mais sobre atribuição de resultados.

Falar de anúncios online e não falar em mídia programática é um pecado digital. Mas o que é isso? De forma simples e direta, Mídia Programática é a compra de publicidade online de forma automatizada. Sob um novo ponto de vista, é a compra de espaços publicitários via plataformas online com o mínimo de interação humana durante o processo de negociação entre o anunciante e o veículo, afim de exibir os anúncios para as pessoas certas no momento adequado.

Aqui a tecnologia trabalha forte para encontrar o público-alvo e definir o melhor local para exibir os anúncios de forma a atingir os melhores resultados.

Note ainda que a mídia programática não é a melhor estratégia para gerar vendas ou cadastro de interessados (leads), mas é extremamente eficiente para fazer divulgação, dar conhecimento, ou como os publicitários e marqueteiros preferem, awarness. Salvo em campanhas de remarketing. Explico. Os anúncios gráficos em sites têm baixa taxa de conversão, normalmente abaixo de 1%, mas tem um volume de impressões muito bom, ou seja, vão aparecer para o público determinado enquanto ele usa a internet.

Estratégia 3: Presença em Redes Sociais

Estar presente nas redes sociais é uma das primeiras coisas que empresas de qualquer tamanho e segmento pensam em termos de marketing digital. Bem verdade, tornou-se questão obrigatória ter uma página no Facebook e um perfil da marca no Instagram. Considerando que parte dessa atuação pode ser gratuita quando sua base de clientes é pequena, essa é a principal escolha das pequenas e médias empresas.

Engana-se, no entanto, quem acha que basta apenas replicar conteúdo dos outros, colocar algumas fotos para chover clientes. Fazer postagens pessoais é uma coisa, fazer gestão com planejamento, objetivos e estratégias é bem diferente. Havendo possibilidade, fale com um especialista ou contrate uma agência que faça gerenciamento de redes sociais.

Gerenciamento de redes sociais - Click Interativo

Outro ponto bastante delicado aqui é saber o que é uma atuação bem-sucedida. Devido à falta de planejamento e objetivos, muitas vezes é difícil determinar se a empresa está indo bem ou mal. Portanto, mensurar resultados é possível quando se define previamente quais as metas a serem alcançadas.

É preciso lembrar que parte da atuação nas redes sociais é fazer relacionamento com o cliente, haja vista que eles estão lá por um período significativo do dia. Do adolescente ao idoso, lá estão eles, de celular na mão, rolando suas telas para cima e para baixo, interagindo com amigos, familiares e marcas. Não tente vender o tempo todo, é chato. Busque entender o que seus clientes querem, interagindo com eles e, portanto, oferecendo o que eles desejam.

Alguns especialistas falam de um número mágico de postagens: 80% relacionamento, 20% vendas. Aqui, novamente, é preciso ter cuidado para não cair no lugar comum, e fazer mais do mesmo, sem saber direito o porquê nem pra quê. Avaliar o desempenho é fundamental e promover ajustes pode significar manter seu negócio aberto ou fechar as portas.

Outras Estratégias de marketing digital

Se você se perguntou se eu não vou falar sobre email marketing, Inbound marketing, etc., etc., etc... Calma!

Falamos no início que trataríamos de algumas estratégias de sucesso que obtivemos com nossos clientes, dessa forma, não abordaremos todas as estratégias.

Sem querer ofender ninguém, nem “matar” nenhuma estratégia vamos ser bastante sucintos aqui.

O Inbound marketing, que vemos como uma evolução, é na verdade a junção de diversas abordagens sob um mesmo nome. As estratégias de Inbound unem diversas ações, como: marketing de conteúdo, otimização de sites, redes sociais, anúncios, mídia programática, email marketing e um sistema de pontuação e nutrição de interessados (leads), que indica qual o melhor momento para abordar o potencial cliente, com maiores chances de efetivar a venda. Ou seja, um mix de quase tudo que abordamos acima. 

Estratégias de Marketing Digital - Click Interativo

Fazer Inbound marketing bem feito, é um pouco mais complicado, mas extremamente eficiente. Mais um assunto pra abordarmos em breve, prometo!

O e-mail marketing, de tanto que foi mal-usado, parece que deixou de existir, certo? Errado!

Fazer e-mail marketing ainda dá muito certo, mas como todas as estratégias, feito de forma errada, é perda de dinheiro. Aqui é fundamental criar uma base de interessados em receber suas informações, pois distribuí-las a quem não pediu é perda de tempo e dinheiro.

Como disse acima, ele foi incorporado por outras estratégias, e está sendo usado de forma mais inteligente para trazer melhores resultados, como no Inbound Marketing, para fazer a nutrição dos interessados (leads).

Conclusão

Existem diversos caminhos para levar do ponto A para o ponto B. Como, quando e qual velocidade adotada vai depender muito de questões como orçamento, objetivos e outros recursos, incluindo os humanos.

É fundamental investir e nesse quesito a ajuda de profissionais pode tornar tudo isso mais fácil e tranquilo, lhe permitindo focar no mais importante que é desenvolver seu negócio.

Conhece o ditado “cada macaco no seu galho”? Então, uma ajuda especializada, ao contrário do que muitos pensam, é sinônimo de economia e maior geração de receita.

O investimento correto significa achar o público certo, gerar mais negócios e manter as portas abertas.

E para finalizar: “não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende e não há sucesso no que não se gerencia.”.

A famosa citaçãode Deming, resume que também é necessário definir objetivos e acompanhar os resultados.

Se ainda precisar de ajuda, marque uma reunião aqui na Click, vamos tomar um café e discutir ideias!

Compartilhe
Tamanho do Texto
Deixe seu comentário:
Click Interativo
Localização da Click Interativo
Av. Prof. Magalhães Neto, 1.450
Ed. Millenium Empresarial | Sala 910
CEP: 41810-012 | Pituba | Salvador | Bahia
Contatos da Click Interativo
click@clickinterativo.com.br
+55 71 3341.1204
Trabalhe Conosco
Vagas
vagas@clickinterativo.com.br